quarta-feira, 9 de novembro de 2016

RESSONADA

Eu te empresto
Cada camada
Da minha pele
Adormecida
Para que sinta
O pulso secreto
Do meu amor
- e objeto -
De minha escrita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário