Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

DA REINVENÇÃO DA ESPERA

POEMA SIMILAR

DAS IMPOSSIBILIDADES E DO SONHO

DO VAZIO DAS PALAVRAS E DO MAGNETISMO DO TEMPO

DOS CAPRICHOS DA TEMPESTADE

AUTO-ESTRADA

FÁBULA ÀS MIGALHAS

METAMORFOSE

BEIJO DE CHUVA

BEM VINDA

ACHADO FOI PERDIDO

O POEMA E EU

DA MATÉRIA DOS SONHOS

RESSONADA

ESTRUTURALISMO

LAVRADIO CELESTE

DA CRUELDADE DO DESEJO

POEMA DEVOTO

MONET AO MAR

CASO QUEIRA

QUEBRA DE SIGILO

DE_VASTO

DA LEGITIMIDADE DO ABRIGO

ACASO SEJA

CARTA CAPITAL

POEMA BENDITO

PRETÉRITO IMPERFEITO