LUA NOSSA

Olha no meu olho
Bem devagar
Nao tira os seus olhos
De dentro de mim

Percebe o quanto me entrego
Irrestrita
Ao nosso ritmo
E sem pressa alguma.

Não diga uma palavra
Não ouça nada 
Além da minha alma
Vulnerável ao afago do teu corpo.

Celeste
Corpo de luz
Cadente
Fecha teus olhos
E faz um pedido.

Os olhos da lua
Sempre serão os meus 
Desejos
E os teus, ouvidos.

Comentários

MAIS