EXTENSÃO

Meu poema começa no erro.
Ruim que sou da ótica do acerto
Resta-me o ermo recurso
De escrevê-lo por extenso.

Comentários

MAIS