A_GUARDADO

Eu posso disparar meus ossos
A favor de teus espaços
E me render aos teus olhos
Sem bem olhar em teu rosto,
- Há o meu rastro -.

Eu posso me doer, então a salvo
E se bem me tens
- Te dou -
Ao bem querer
E só ao bem
É que te guardo.

Comentários

MAIS