DISPARE-O

Sonhei que adormeci
Na tarde
- Em ventania -
Quando desperta
Dei-me conta do cavalo
- À montaria -
Erguendo-me na força de suas pernas
Matando a sede de uma espera
Em boca, língua, saliva e crina.

Sonhei que era vento a conduzir o trote
E ele, a galope,
Segurava as rédeas
E eu, as rimas...

Comentários

MAIS