quinta-feira, 26 de novembro de 2009

BÚSSOLA

Puro é o tom monótono do não
Que revela teu auto-resgate em fuga minha
Fugaz é a tua linha
Que expõe o bote que te salva a vida
Enquanto NADA com a maré errante
E ignora o pôr-do-sol que te encaminha.

MUSA EU

Se livre
Livre-se
Pois é no Louvre que se deprime em ato o não livrar-se do ciúme.

Talvez em ré eu rime.
(ou rume).