A VOLTA DE GENI

Se meu é o teu
É coro
A couraça envelhece a cachaça
Mas não o fogo
E até onde me for teu
É não do outro
Porque é no teu olho que a voz embriaga
Não no pescoço
E eu te ouço como a calhar de ser mulher
- E não de osso –
Dessa costela tua que ergo grito
E eu admito
Que mera espera estúpida fora aquela
Que era tua
Se nunca se fora nela
O que era meu desse Seu Chico.

Comentários

MAIS