GESTAÇÃO

Silencia o verbo na instância clarividente do olho.
SIMPLES.
E o olhar arrebanha o que era um tanto de verso
Dentre a causa e o caos
O excesso.

E o olho verbaliza o convexo
Com a convicção de que só a si silencia o léxico
Mas toxi-cronologicamente imerso no olho
No teu olho
Eu silencio o joio
E de resto, eu gesto
Assim SIMPLES,
O in_verso.

Comentários

MAIS